PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO


Atualmente o Direito Sucessório dá ensejo a divergências doutrinárias, havendo decisões judiciais para todos os gostos. As posições dos nossos tribunais Superiores sobre o referido tema, mudam com frequência, a depender da composição dos órgãos julgadores. Falar de morte não é algo que gostamos de fazer, certo? Mesmo assim, é algo inevitável. Como então, lidar com um assunto tão delicado, evitando-se futuros conflitos familiares, respeitando o princípio da autonomia da vontade, além de impedir que a demora do processo de inventário traga prejuízos aos herdeiros? Por meio do planejamento sucessório em vida, organizando-se a partilha de bens antes do falecimento.

Pois bem. O Planejamento Sucessório visa contornar a sucessão imposta pela lei, dando lugar ao desejo do titular do patrimônio que tem o direito de eleger a quem quer deixá-lo. Portanto, é um mecanismo estritamente preventivo, com o único objetivo de adotar procedimentos, ainda em vida do titular da herança, com relação ao destino de seus bens após sua morte, não só para evitar conflitos familiares, mas visando afastar a incidência de pesados encargos tributários. Resumidamente, O planejamento sucessório é o ato de registrar, de forma legal, como será feita a transferência dos seus bens após a sua morte.

Hoje no Brasil, segundo nossa legislação, os direitos sucessórios são divididos em duas partes, a herança legítima e a quota disponível. A herança legítima está direcionada aos herdeiros necessários, ou seja: seus descendentes (filhos); ascendentes (pais), quando não há filhos e o cônjuge, em caso de casamentos em regime de comunhão parcial e da separação eletiva de bens. Refere-se a 50% (cinquenta por cento) do valor de todo patrimônio, que não pode ser disposto pela vontade do titular do patrimônio. Já a quota disponível, ou seja, os outros 50% (cinquenta por cento) do valor de todo patrimônio, pode ser disposta conforme sua vontade, sendo destinada como bem entender: pessoas, entes queridos, entidades ou até mesmo, para animais de estimação.

Como exemplo, são formas de fazer um planejamento sucessório:

  1. Doações entre cônjuges e companheiros, a depender do regime de bens não se comunicam (Art. 1.659, I e 1.674 do Código Civil);
  2. Doações com cláusula de reversão (Art. 547 do Código Civil);
  3. Doações com reserva de usufruto (Art. 1.390 do Código Civil);
  4. Imposições das Cláusulas restritivas de direito como incomunicabilidade, impenhorabilidade e inalienabilidade sobre a legítima dos herdeiros necessários, testamentários e dos legatários (Art. 1.911 do Código Civil);
  5. Instituição de bem de família por testamento sobre um terço do patrimônio líquido existente ao tempo da instituição (Art. 1.711 do Código Civil);
  6. Nomeação de tutor a filhos menores (Art. 1.634, IV e 1.729 do Código Civil);
  7. Instituição de beneficiário de Seguro de Vida (Art. 791 do Código Civil);
  8. Testamento;
  9. Adiantamento da legítima (Art. 544, Art. 2.002 e Art. 2.005 do Código Civil e o Art. 639 do Código de Processo Civil);
  10. Constituição de Pessoas Jurídicas – Holding familiar.

A vantagem de se fazer um planejamento sucessório está na permissão de se ter uma divisão justa de bens, reduzir custos com processos longos, evitar a percussão dos tributos incidentes sobre a transmissão de bens por ocasião do falecimento, além de evitar dissabores futuros entre os herdeiros.

Anúncios

Autor: marinaserraoadv

Advogada, especialista em Direito Tributário, sócia do escritório Tarifa e Serrão Advogados, na Rua Luiz Spiandorelli Neto, 30, sala 214, Torre Araucária, Jardim Paiquerê, na cidade de Valinhos, Estado de São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s